quarta-feira, junho 29, 2005

MIL VENTOS A SOPRAR

Não te aproximes de minha tumba a chorar
Não estou lá. Não durmo aí.

Sou como mil ventos a soprar.
Sou como um diamante na neve, a brilhar
Sou a luz do sol sobre o grão dourado
Sou a chuva gentil do outono esperado.

Quando acordas na manhã tranquila
Sou o bando de pássaros que canta
Sou também as estrelas que cintilam
Enquanto a noite cai na tua janela.

Por isso, não te aproximes da minha tumba a soluçar
Não estou aí. Eu não morri.

Retirado daqui.

NOVOS CONTACTOS (a partir de 2012):
www.1000caminhos.com
93 533 4087
1000caminhos.blogspot.com

5 Partilhas

segunda-feira, junho 27, 2005

PARTILHO CONTIGO A PAIXÃO

E em especial a gratidão.

Tenho tido semanas muito cheias. A todos os níveis.

Esta que termina agora foi muito rica. Além do Curso Reiki Nível II, tive que enfrentar um dos meus fantasmas.
Tive que ir ao Porto. Organizei um seminário num Cruzeiro do Rio Douro.
Não dava para fugir desta vez. Andei a mentalizar-me nas últimas semanas que ia ter que visitar e ver a Cidade onde vivi uma intensa paixão.
E vê-la do rio. Locais que mexem.

O resultado foi lindo.
O evento correu muito bem.
O final de tarde estava maravilhoso.
Fui para a proa e fiquei lá a ver a cidade pela qual me apaixonei há quase 2 anos.






Mexeu? Claro que mexeu! A cidade é bonita e eu tive o privilégio de a sentir com paixão.
Voltar atrás? Não, nem pensar. A minha Vida é muito mais agora do que era na altura.

Revi o Porto com o sentimento de gratidão por tudo o que me deu. Por cada sorriso. Por cada bater de Coração.

Agora, resta-me a Vida toda para ser feliz.


NOVOS CONTACTOS (a partir de 2012):
www.1000caminhos.com
93 533 4087
1000caminhos.blogspot.com

2 Partilhas

quarta-feira, junho 22, 2005

ENERGIA DO UNIVERSO

Quando comecei a receber Reiki, a minha Vida ganhou uma nova Luz.
Quando fiz o Nível I (Shoden), senti que (re)descobria um Mundo novo.
Agora com o Nível II (Okuden), sinto que o Universo me sorri.

Por isso, hoje partilho contigo o Universo.



Não vou tentar explicar como é possível, enviar Reiki à Distância.
A energia Reiki é inteligente. Sabe exactamente onde e quando actuar.
Basta que o terapeuta tenha a intenção. E como o Reiki é Amor Incondicional, só fará bem.

Pode-se mandar Reiki à distância a animais (incluindo as pessoas!!), oceanos, florestas, relações, alimentos, a Terra...
A energia do Universo não tem limites (pode ser enviada para qualquer situação...), nem limitações (espaço e tempo).

Tal como no Reiki presencial, a forma como o Reiki à Distância se manifesta varia muito. O seu efeito pode ser subtil ou intenso.
Podes pedir para ti, para os que amas ou somente alguém que conheces e que sabes que precisa.

Para pedir Reiki:
- Envia-me um e-mail a especificar quem é o receptor e a situação.
- Envia um pedido à Rede Reiki.

O Reiki é uma dádiva.

NOVOS CONTACTOS (a partir de 2012):
www.1000caminhos.com
93 533 4087
1000caminhos.blogspot.com

18 Partilhas

domingo, junho 19, 2005

UM PASSO EM FRENTE

A partir de hoje tenho o Nível II de Reiki. Um passo especial por diversos motivos.

Porque deixei de ter as barreiras do Espaço e Tempo e posso mandar Reiki à Distância, para qualquer "tempo".
Porque tenho agora maior responsabilidade perante o planeta em que habito e tudo o que me rodeia.




Sobre tudo isto falarei aqui mais tarde.
Hoje estou cansada, mas feliz.

NOVOS CONTACTOS (a partir de 2012):
www.1000caminhos.com
93 533 4087
1000caminhos.blogspot.com

8 Partilhas

sexta-feira, junho 17, 2005

SOBRE O AUTOPERDÃO



"Ao emitirem a vossa luz para curar o planeta… estão a curar-se a vocês mesmos… Já foi dito que os Humanos e o planeta são uma única entidade… Isso é meritório… Mas a vossa cura não fica completa enquanto não se dedicarem ao autoperdão… É a partir do autoperdão que podem avançar para o perdão dos outros.

Sabe-se que os Humanos se empenham, frequentemente, na eliminação do carma que os prende a outros Humanos. Se esse trabalho for feito com intenção - e for acompanhado do perdão incondicional… não só da pessoa visada, mas também de tudo aquilo que se passou com essa entidade ao longo das encarnações anteriores – esse trabalho será feito.

Mas, muitas vezes, esquecem-se do autoperdão… aquilo a que já foi chamado “resíduo cármico”.
É preciso que se perdoem por, em determinado momento, terem escolhido o que escolherem, terem decidido como decidiram… É preciso que reconheçam que, em cada momento, procuram dar a melhor resposta possível… Assim é agora, e assim foi naquilo a que chamam “passado”…

Então, é um exercício perverso, estarem hoje – à luz do grau de expansão de consciência que têm neste momento – a fazer juízos de valor acerca das escolhas e das opções que fizeram no passado…

A evolução e a mudança são constantes, pelo que é perfeitamente natural que, ao analisarem retrospectivamente a vossa vida, cheguem à conclusão que, em determinado momento, em determinada circunstância, poderiam ter escolhido… agido… resolvido de outra maneira. A chave é saberem que fizeram o melhor possível… que fizerem o que pensavam ser justo naquele momento. Não há, pois, lugar aos complexos de culpa e, muito menos, aos remorsos.

Então, através desse processo de reciclagem dos vossos nódulos negativos, com base na suprema vibração do amor incondicional… é fundamental que fiquem em paz… que se perdoem por aquilo que fizeram em tempos, aquilo que, hoje, eventualmente, perturba as vossas consciências e vos rouba a paz…. Que esses episódios sirvam apenas para não serem repetidos…"

Canalização de Kryon, recebida por Vitorino de Sousa

Depois de semanas de ansiedade e tristeza interior, finalmente perdoei a mim mesma. A minha Vida ganhou ainda mais cor.

NOVOS CONTACTOS (a partir de 2012):
www.1000caminhos.com
93 533 4087
1000caminhos.blogspot.com

7 Partilhas

quarta-feira, junho 08, 2005

AMAR, QUERER, AGRADECER... PARA SEMPRE

É com muita frequência que usamos a eternidade para classificar os nossos relacionamentos.
Dizemos muitas vezes que vamos amar alguém para sempre.
Ou que ficamos eternamente agradecidos.
Ou que odiaremos sempre alguém.
Que nunca, jamais vamos conseguir gostar desta ou daquela pessoa.

Como é que podemos ter tanta certeza?
Se nesta Vida evoluímos, mudamos de ano para ano, de dia para dia, como podemos dizer que sentiremos sempre da mesma forma?

E numa outra Vida? Como sabemos hoje quem vamos ser? Quem vamos amar? O que vamos sentir?

Imaginando que hoje não toleramos uma determinada raça... Como sabemos se numa outra Vida, não vamos ser exactamente da mesma raça ou de outra qualquer e discriminados, odiados... Não para sermos castigados, mas para aprendermos a ser tolerantes com a diferença.

Ainda nesta Vida, amar alguém eternamente pode impedir-nos de amar de Coração aberto outras pessoas por estarmos tão embrenhados, tão cegos.
Pior ainda, odiar alguém pode impedir-nos de perceber o que essa pessoa tem para nos oferecer.
De Coração aberto.

Estou a descobrir a magia de não amar para sempre.
Tenho permitido que pessoas que não tolerava se mostrassem. E que lindas que são!!

Estou de Coração aberto. E sou feliz por isso.

P.S. A Ana Eugénio não é a minha Mestra só porque me deu um Curso com um Diploma. É minha Mestra porque me pega na mão e me aproxima de portas que tenho medo de abrir. Muitas vezes, conduz a minha lanterna para uma porta que não vejo.
O post de hoje é fruto das nossas looooongas conversas e da abertura de algumas portas das quais tinha medo.
No inicio achava que ela dava uma excelente psicóloga. Agora percebo que ela me tem oferecido o que espero e dou aos meus melhores Amigos.

NOVOS CONTACTOS (a partir de 2012):
www.1000caminhos.com
93 533 4087
1000caminhos.blogspot.com

9 Partilhas

segunda-feira, junho 06, 2005

CHACRAS


Os chacras, os nossos centros energéticos, que recebem energia durante uma sessão de Reiki.

Para mais detalhes sobre as sessões de Reiki, clica aqui.

NOVOS CONTACTOS (a partir de 2012):
www.1000caminhos.com
93 533 4087
1000caminhos.blogspot.com

3 Partilhas

quarta-feira, junho 01, 2005

BAGAGEM MENTAL

Partilho contigo um texto longo, mas muito interessante, sobre a mente humana, traduzido por mim do livro “El pequeño libro de la Tierra, Iniciativas para un Mundo mejor” de James Bruges.

A REALIDADE, ALÉM DO NOSSO ALCANCE

O nosso cérebro não apareceu do nada, da noite para a manhã.
Evoluiu como os demais orgãos do corpo. Gradualmente, os que tinham maior habilidade foram substituindo os menos habilidosos.

A nossa bagagem mental, portanto, é apta a responder a necessidades específicas e está relacionada com os nossos cincos sentidos.
Não temos uma inteligência abstracta, desenhada para compreender a totalidade da existência.
Por mais que utilizemos a nossa mente para entender e manipular o mundo que nos rodeia, devemos entender que temos limitações.

Para compreender a natureza do nosso sistema mental, imaginemos um grupo de pessoas que carecem de um dos cinco sentidos. Por exemplo, um grupo de cegos de nascimento. Imaginemos que lhes falavam das cores, das nuvens, da neblina, da distância e da beleza? Como falariam entre eles destes conceitos? Alguns diriam que são mitos e negariam que existe a visão. Outros sentiriam-se terrivelmente frustrados por não poder perceber o que lhes contavam. Outros iriam querer obrigar os outros a aceitar as suas definições. Outros tentariam abrir caminho, aos poucos, até à compreensão.

Se o nosso sistema cognitivo se desenvolveu para satisfazer as necessidades dos caçadores-recolectores, é natural que alguns aspectos da realidade excedam a nossa capacidade de compreensão. Somos como os cães que somente captam parte do que dizemos: «Blá, blá, blá, Fido, blá, blá». Mesmo que, por vezes, pareça que percebemos a realidade distante através de uma espécie de lente de distorsão. Estas percepções ocupam místicos, poetas, músicos e pintores. A religião também tentou mostrar estas realidades com conceitos e palavras.

Os cientistas descrevem fenómenos que estão para lá da compreensão humana.
A física newtoniana e a geometria cartesiana são compreensíveis para os nossos cinco sentidos. Mas a física actual, não.

Sabe-se que a matéria está formada de energia, que se parece mais com uma rede de vibrações que se cruzam entre si do que com um conjunto de blocos sólidos. As partículas de energia ligam-se umas com as outras de formas misteriosas, que parecem não estar limitadas pelo tempo e pelo espaço.
Uma experiência pode modificar-se se se observa. Os cientistas sugerem que um universo de dez dimensões e um mundo inteiro de partículas de magnitudes subatómicas podem dar-nos as chaves para compreender a realidade. A verdade é que tudo isto escapa à nossa compreensão.

Se existisse um tipo de seres cujo sistema cognitivo fosse mais desenvolvido que o nosso, ririam-se ao ver-nos descrever certos conceitos que para nós são misteriosos, mas que para eles são claros e óbvios.
No entanto, também se alarmariam vendo de que forma a nossa tecnologia nos permite brincar com os elementos que somos incapazes de entender. Ver-nos-iam correr até ao precipício e gritariam “Por Deus, parem!”

In La Mente, Paolo Legrenzi


A isto acrescento que:

- A beleza é um conceito tão subjectivo que pode ser entendido por um invisual.
- Os cães são seres bem mais inteligentes do que aqui se diz, mas a analogia é válida para o que se tenta demonstrar.
- Cada vez mais seres humanos visitam outras dimensões e compreendem-nas.



NOVOS CONTACTOS (a partir de 2012):
www.1000caminhos.com
93 533 4087
1000caminhos.blogspot.com

11 Partilhas